0%
Deputado Estadual Traiano Presidente da Assembleia Legislativa do Paraná

Artigos

“Um incrível vexame”, por Ademar Traiano Por Ademar Traiano | 13/03/2017

Compartilhe nas redes sociais

Não falta mais nada. O Brasil pode passar pelo incrível vexame de ter dois ex-presidentes com pedido de prisão feitos por um país estrangeiro. Os ‘ex’ que correm esse risco são Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff que, tanto fizeram, que acabaram na mira da Justiça norte-americana.

Nos EUA, dois funcionários da Braskem (subsidiária petroquímica da Odebrecht) atuaram em solo americano (Miami) em projetos ligados a esquemas de corrupção da Petrobras. O juiz norte-americano John D. Bates, de Washington (EUA), condenou a Braskem, a pagar US$ 325 milhões, ou cerca de R$ 1 bilhão, como resultado do acordo de colaboração firmado pelo grupo com os Estados Unidos.

A multa decorre de processos movidos a partir de investigações de atos de corrupção praticados pela empresa no âmbito da Operação Lava-Jato. A multa não impede, contudo, outros tipos de medidas punitivas. Entre elas, a prisão dos principais envolvidos, em especial dos mandantes. Nesse caso, entre os alvos, estariam Lula, Dilma, Guido Mantega, além de executivos da Odebrecht.

Outros desdobramentos podem ocorrer. A corrupção na Petrobras provocou prejuízos enormes a investidores americanos que compraram ações da estatal brasileira. Outro juiz americano, Jed Rakoff, de Manhattan, abriu caminho para que investidores processem a Petrobras como grupo, em razão de perdas bilionárias decorrentes do suborno e propina envolvendo a companhia. A corrupção provocou efeito devastador no valor das ações da estatal.

O maior risco de um eventual pedido de prisão dos brasileiros vem como um desdobramento do acordo entre a Brasken e a Securities and Exchange Comission (SEC), que age como xerife dos mercados nos Estados Unidos.

Nos documentos dos procuradores americanos, segundo descoberta instigante do blog ‘O Antagonista’, Lula é citado como “Brazilian Official 1” e Dilma “Brazilian Official 2”. É, minha gente, nunca antes na história deste país…

*Ademar Traiano é deputado estadual, presidente da Assembleia Legislativa do Paraná e presidente do PSDB do Paraná